Há muito o que dizer sobre os benefícios físicos da ioga, incluindo melhorias na força e flexibilidade muscular. Mas os benefícios para a saúde mental também são a chave para o contínuo sucesso da ioga. Aqui, conversamos com Heather Mason, especialista em ioga e professora de ioga do The Minded Institute, sobre como essa antiga forma de exercício pode descansar e restaurar não só nosso cérebro, mas também nosso corpo. A ansiedade é uma reação humana normal a situações estressantes, mas períodos prolongados de ansiedade podem ter um impacto negativo no seu bem-estar físico e mental. Ao aumentar os níveis do ácido gama-aminobutírico (GABA), um calmante do cérebro, a ioga e a respiração controlada podem ajudar a aliviar os sintomas de ansiedade no curto e no longo prazo. Pessoas que praticam a ioga frequentemente relatam sentir uma elevação no humor, níveis de estresse reduzidos e uma sensação de maior conexão com outras pessoas; mas como é que isso funciona realmente? Heather Mason diz que a pesquisa do professor de psiquiatria e neurologia norte-americano Dr. Chris Streeter pode nos ajudar a entender isso. O GABA é um dos principais neurotransmissores do nosso corpo e pode ajudar a controlar sentimentos de ansiedade, enviando mensagens químicas através do cérebro e do sistema nervoso. Vários estudos demonstraram que baixos níveis de GABA – que podem contribuir para um sentimento de estresse e sobrecarga – podem ser elevados por meio de atividade física, sendo a ioga mais eficaz do que qualquer outra forma de exercício para esse fim.  

Desfrute de uma calma imediata

“O foco da ioga na respiração controlada é o que realmente ajuda a reduzir a ansiedade”, explica Heather. “Quando você controla sua respiração, envia uma mensagem para o seu cérebro de que você está seguro e calmo, permitindo que sua frequência cardíaca diminua e que a pressão sanguínea se estabilize. Isso significa que, assim que dominar algumas técnicas básicas de respiração, você já pode começar a reduzir seus níveis de ansiedade no curto prazo, enquanto a prática regular pode ajudar as pessoas a controlar seu bem-estar mental no longo prazo.” Heather diz que um exercício simples para acalmar uma mente sobrecarregada é fazer respirações cronometradas, em que você exala por um tempo um pouco maior do que inala. “O cérebro responde rapidamente a uma mudança na respiração. Apenas 10 minutos irão ajudá-lo a reduzir a ansiedade em um curto prazo.” Mas se estiver em busca de um impacto duradouro em seu sistema nervoso, então a disciplina de posturas da ioga e a prática regular são o que podem ajudá-lo a controlar a ansiedade no longo prazo.  

Qual é o seu estilo?

“Prestar atenção à sua respiração é uma parte essencial da ioga, portanto todos os estilos são úteis”, diz Heather. “No entanto, você deve procurar uma disciplina que se adapte ao seu nível físico e necessidades psicológicas. “Algumas pessoas precisam de um esforço físico significativo para relaxar e sustentar a transformação de seu sistema nervoso, enquanto outras se beneficiam mais de uma prática mais lenta e reflexiva. “Não há um estilo que seja superior, e sim uma apreciação de uma necessidade única, de uma pessoa única, em um momento único. Assim, a diversidade da ioga é extremamente benéfica para ajudar uma pessoa, independentemente do seu nível físico ou problema. Heather recomenda tentar aulas e instrutores diferentes e conversar com amigos sobre o que funciona para eles. Além disso, várias posturas podem ser mais eficazes do que outras quando se trata de promover uma sensação de calma, por isso tente incorporar movimentos que exijam um foco real e possam interromper a divagação mental, como a postura do Guerreiro I e do Guerreiro II. “Algumas posturas oferecem um desafio, mas como você está aprendendo a relaxar sob pressão física, isso pode ajudá-lo a lidar com a ansiedade de longo prazo. “Além disso, posturas de equilíbrio foram originalmente ensinadas para manter a mente focada, e é exatamente isso que fazem. Se você está tendo problemas para organizar seus pensamentos, uma série de posturas de equilíbrio pode ser bastante útil”.    

Pratique fora do Estúdio

Inscrever-se em aulas regulares é uma ótima forma de se manter motivado, mas dedicar um tempo para praticar exercícios de respiração e posturas simples em casa ou no trabalho pode ajudar a manter uma sensação de calma. “Tente praticar ioga por 30 minutos todas as manhãs. A maioria das pessoas ansiosas acorda com níveis de cortisol, o hormônio do estresse, mais altos, e se você conseguir equilibrar isso logo cedo, terá uma chance melhor de aproveitar um dia livre de ansiedade.” Se você passa longos períodos sentados, peça ao seu instrutor para demonstrar algumas posturas sentadas. Torções, curvas para trás e movimentos para abertura de ombros podem ajudar a liberar a tensão de ficar muito tempo em frente a um computador, enquanto a posição de dobra para frente envia sangue para o cérebro para dar um rápido aumento de energia. “Até mesmo praticar uma respiração controlada em sua mesa duas vezes ao dia durante 10 minutos pode ter efeitos significativos no humor e no bem-estar.” Heather recomenda explorar um estilo de respiração da ioga chamado Ujjayi, que significa “tornar-se vitorioso” e pode ajudar na concentração. Desde os movimentos fluidos de Vinyasa até as suadas poses sequenciais de Bikram, há muitos estilos diferentes de ioga ensinados hoje em dia – todos podendo ajudar a aumentar os níveis de GABA e a regular a respiração. Converse com um professor qualificado sobre qual deles seria mais adequado para você.   Fonte: Bupa   Quer ver mais dicas? Encontre aqui no Blog da Care Plus.